quinta-feira, janeiro 26, 2006

Altura de exames

É sempre nestas alturas que arranjamos 30 por uma linha para não estudar... e por isso cá estou eu a escrever.... hehehe mesmo que seja só para enxer chouriços :D

Como também não tenho muita coisa para escrever... não escrevo mais.... TAU

quinta-feira, julho 14, 2005

Finalmente as férias

Boas pessoal, acabou mais um semestre, é hora de relaxar e começar a preparar o próximo ano, para alguns o mesmo... ;) temos pena... hehehe

Este é o post de inicio das férias... espero que agora, já que estou com mais tempo livre, consiga escrever aqui algumas coisinhas interessantes, pelo menos para mim e para que não conheça o meu blog.

São 2h da matina e não tou com muita paciencia para estar a escrever uma coisa que ninguém vai ler. (só espero ter algum comentário, que significava que alguém tenha lido isto... mas enfim)

sábado, julho 09, 2005

Exame da 1ª Chamada de IPM 2004/2005

Hey ppl, aqui ficam as ideias base das perguntas do exame de IPM da 1ª chamada deste ano.
Espero estar a ajudar mais uma vez.

Abraço.

segunda-feira, julho 04, 2005

Resposta aos exame de RC de 03/04

Aki estão as "minhas" respostas às perguntas do exame. Não sei se estão correctas... mas deu para eu me safar... Espero ter ajudado... Abraço

sábado, fevereiro 19, 2005

Thievery Corporation "The Cosmic Game"

Thievery Corporation lançam mais um album - "The Cosmic Game"



O album sairá no dia 22 de Fevereiro de 2005, neste album o duo eleva a sua musica a novas dimensões.

Os contributos de Perry Farrell, The Flaming Lips and David Byrne assim como Sleepy Wonder, Lou Lou e Notch, deram um toque especial a este album... Só nos resta mesmo esperar... :)

Fonte: http://www.eslmusic.com/

quarta-feira, fevereiro 16, 2005

Steinber - Cubase SX3

Muito melhor por pouco mais!

O Cubase SX3 eleva a produção musical a um novo patamar, adicionado mais de 70 novas funções ao seu predecessor SX2, incluindo o poderoso Audio Warp Realtime Timestretching, o intuitivo Play Order Track e muitas mais funções de edição em tempo real!

Pela primeira vez, um sistema nativo de produção musical combina gravação e edição de áudio e MIDI, instrumentos virtuais e mistura de áudio completa com a flexibilidade de arranjos e mistura baseados em loops e patterns. O Cubase SX3 suporta Windows XP e Mac OSX e trabalha com uma multitude de interfaces de áudio. Juntemos a isto a completa integração com Hardware áudio e MIDI externo, e o Cubase SX3 redefine a tecnologia de produção musical.


As 10 novas funções mais importantes do Cubase SX3

-Audio Warp: Time Stretching e Pitch shifting em tempo real proporcionam novas e extensivas capacidades de edição e processamento de áudio, incluindo suporte de ACID® Files, ou seja os loops adoptam automaticamente o tempo do projecto, podendo seguir as alterações de tempo em realtime.

-Intuitive Play Order Track: permite arranjos baseado em patterns adicionando um novo nível de edição musical criativa. Divida a sua canção em secções e depois re-arrange-a imediatamente. Compare versões alternativas da sua canção e depois converta-a de novo para uma forma linear para a mistura e masterização.

-Novo In Place Editor permite a edição directa de eventos MIDI dentro da página do projecto. Edição de eventos MIDI em contexto com áudio ou video.

-Novos MIDI Device Maps/Panels permitem o acesso directo a hardware MIDI externo com paineis gráficos de edição definíveis pelo utilizador. Importe VST Mixer Maps ou crie os seus próprios paineis de edição, mesmo para o Track Inspector ou para o canal da mesa de mistura.

-Workspaces (window layouts) definíveis pelo utilizador ajudam-no a organizar o seu desktop. Crie e salve um workspace diferente para cada passo do processo de produção. Mude de workspace instantaneamente, como se trabalhasse em vários computadores ou monitores.

-Suporte para Studio Connections “Total Recall” (integração opcional do Studio Manager 2 da Yamaha). O primeiro passo para uma nova dimensão de integração de software/hardware. Este sistema de edição modular constroe uma poderosa ponte entre o estúdio fisico e o virtual. Com a abertura de um projecto é possivel fazer o recall a um setup de estúdio completo em segundos.

-External FX Plugins permitem a integração directa de hardware de processamento externo na mesa de mistura VST. Utilize os seus processadores outboard preferidos como se fossem plugins, com compensação de latencia automática.

-Função Extended Freeze para instrumentos virtuais e pistas de áudio com flexibilidade adicional e performance melhorada. Freeze de instrumentos virtuais com ou sem efeitos de insert, depois os instrumentos são automaticamente desactivados para poupar o processador e a RAM. Freeze de pistas de áudio com efeitos de insert para libertar ainda mais o CPU.

-Novos Volume Envelopes ligados aos eventos de áudio para controlo directo das dinâmicas. Corrija problemas de nível imediatamente sem gastar pistas de automatização. Pode então mover os eventos com os seus envelopes de volume.

-Color Coding definível pelo utilizador para pistas e canais VST proporcionam mais claridade e melhor orientação (especialmente em projectos complexos).

Fonte: DancePlanet.com

Steinber - Nuendo 3

NUENDO 3 - AINDA MAIS PODEROSO


O Nuendo 3 representa um enorme passo em frente na tecnologia do áudio nativo.

Com a versão 3 o NUendo oferece mais ferramentas para o exigente trabalho de pós-produção, produção musical e surround. A Steinberg inclui neste upgrade, centenas de sugestões de produtores de bandas sonoras para filmes, estações de televisão e rádios. Para completar, a maioria das já potentes ferramentas do Nuendo 2 foram substancialmente melhoradas assim como as capacidades Surround. O Nuendo, já considerado por muitos um standard da indústria, tem agora novos argumentos com a sua 3a versão, a melhor e mais versátil ferramenta de produção do mercado.

O Nuendo 3 adiciona dezenas de funções específicas para pós-produção. Entre elas encontram-se o suporte AAF, tal como novos pacotes de ferramentas de gestão dos conteúdos, como por exemplo a capacidade de aplicar atributos para os clips na pool, funções de procura avançadas, e a capacidade de renomear múltiplos objectos em simultâneo. Imagine a sua biblioteca de efeitos sonoros, pode atribuir “tipos” de efeitos diferentes, sendo mais fácil encontrar um determinado som no meio de milhares!


O resultado do know how da Pinnacle
O Nuendo 3 integra já a capacidade de importação de projectos do Pinnacle Liquid Video Systems, e suporta uma variedade de placas gráficas como a Pinnacle Cinewave, TARGA 3000, e DeckLink. Curvas de volume, um novo Reverb de alta qualidade, bem como função “Warp to Picture” permitem alinhar os clips de áudio de forma a se ajustarem na perfeição com o vídeo.

Na área do Surround, entre outras ferramentas, o Nuendo 3 permite agora a função de mistura dos canais surround, para stereo ou outros formatos. É possível também a conversão entre formatos, num piscar de olhos, como passar de 5.1 para 6.1 nos buses de saída. As panorâmicas dos efeitos surround, podem agora ser sincronizadas com as panorâmicas do canal que lhe dá origem. Para “apimentar” ainda mais o poder do Nuendo 3, existe ainda a possibilidade de integração de processadores externos em hardware, e usá-los em sends da mesa de mistura do Nuendo – só por esta função, já vale a pena o upgrade!


O Nuendo 3, eleva o processo de gravação e produção a níveis ainda superiores aos dos seus concorrentes. Incluindo ferramentas de time stretch em tempo real, ordem de reprodução dos blocos do projecto, edição no próprio projecto, integração com equipamento MIDI externo, mapas MIDI, e ainda é possível a integração completa com as mesas digitais da Yamaha – fruto do casamento das duas marcas que se uniram, para tornar o Nuendo em conjunto com as mesas digitais Yamaha a integração perfeita... Software/Hardware.

PONTOS CHAVE
· O Nuendo 3 oferece muito mais funções para Pos-Produção, servindo melhor ainda o propósito de gravação, edição, e mistura áudio para vídeo.

· O Nuendo 3, não tem concorrência no que diz respeito a preço/funções/qualidade. Produtos similares na área de topo profissional, são muitas dezenas de vezes mais dispendiosas.

· Versatilidade sem paralelo...


ALGUMAS DAS NOVAS FUNÇÕES DO NUENDO 3
(Explicação de algumas das novas funções para Pos-Produção) Função - Benefícios

Importação e exportação do formato AAF - Permite a importação e exportação de projectos com o formato de Authoring standard da industria. O formato AAF, é suportado por outros fabricantes como a AVID, Apple Logic, ProTools, SADiE, Merging Pyramix, Adobe Premiere, Fairlight AV, etc.

Atributos por utilizador na janela POOL
Permite que cada utilizador encontre os seus ficheiros numa biblioteca enorme de sons. Por exemplo... um utilizador, pode procurar sons de “Carros” que estejam assignados somente para ele. Outra pessoa, poderá ter ou não acesso a esses mesmo sons.

Função de procura detalhada por atributos na janela POOL
A função de procura, permite rápido acesso a sons com determinados atributos. Por exemplo... procurar um som de “Carro” “Arranque” “ Ferrari”, poderá tornar-se tarefa árdua se a biblioteca não estiver devidamente organizada. O Nuendo, facilita-lhe o trabalho.

Função de renomeação de ficheiros
Obviamente, renomear ficheiros é possível dentro do Nuendo, mas agora há funções que permitem renomear mais que um ficheiro em simultâneo. Mais, além dos nomes dos ficheiros é possível atribuir atributos a muitos ficheiros em simultâneo.

Warp to Picture
A edição de áudio no Nuendo é fácil e intuitiva. A Função WARP permite por exemplo esticar o áudio para preencher um deperminado espaço. Mas há mais.. imagine que o vídeo acaba em slow motion até parar. Com a ferramenta Time Warp Tool, pode simular a aceleração, ou desaceleração do áudio em relação ao vídeo... tudo em segundos.

Função X-Send
Com a função X-Send, pode em segundos editar projectos do Liguid Video Editing directamente no Nuendo 3. Desta forma, passar do ambiente de montagem de vídeo para a produção de áudio nunca foi tão fácil.

Suporte das placas Pinncle Cinewave, Backmagic DeckLink, Targa 3000
O player QuickTime do Nuendo, permite o playback do vídeo através das placas de vídeo mais usadas para montagem de vídeo. Pode ver assim, o vídeo num monitor separado dos monitores do computador.

Curvas de Volume directamente nos eventos
Com a ferramenta do lápis, é agora possível fazer alterações de volume directamente nos eventos, sem necessidade de automatizar a mesa de mistura. Só esta função, vale o preço do Nuendo, pois poupa tempo precioso de estúdio.

Pré-gravação até 10 minutos
Com o Nunendo, pode agora pré-gravar informação até 10 minutos antes de premir o botão de gravação. Imagine por exemplo a gravar um concerto... o concerto começa e só depois premimos o botão de REC. Resultado, centenas senão milhares de contos perdidos por questão de segundos... com a função de pré-gravação activa isto não aconteceria.. o Nuendo estaria a gravar em memória até 10 minutos, mesmo antes de premir o botão REC. Útil também quendo tentamos “Picar” uma gravação, e por milionésimos falhamos o sítio onde deviriamos começar a gravar. Em questão de segundos, acedemos ao áudio gravado antes de premir o REC.

Roomworks Reverb
O Roomworks reverb é um novo plug-in de reverb de alta qualidade. Além de incluir presets já pré definidos para a maioria das situações, permite também aliviar processamento do CPU do computador.

Player Direct X
O player DirectX do nuendo, permite o uso de várias pistas de vídeo, bem com edições de vídeo básicas. Muitas vezes, há necessidade de eliminar, cortar ou repetir partes dos vídeos que podem estar ainda em fase de desenvolvimento.

Alterando o “Start Time” do projecto
Alterando o valor de time code do inicio do projecto, agora contém uma opção para que os eventos mantenham a sua posição relativa ou absoluta. Exemplo.. temos 2 minutos de preto, depois a mira técnica, e depois começa o programa. Talvez nos seja mais conviniente, o time code começar no 0 quando o programa começa.. mas se for necessário, podemos mudar para o início da mira, sem afectar a posição relativa de todos os eventos.

Time line superior a 24 horas
Agora, passando as 24 horas, mais um campo é adicionado ao time code.. o nº de dias.

Comando “Fade 1 Frame”
Acontece com frequência em pos-produção, temos milhares de eventos colados, sobrepostos, ou separados, e em alguns casos devido à má colagem podem aparecer pequenos cliques. Com a função “fade 1 frame” podemos em segundos eliminar estes cliques aplicando fade ins e outs a todos os eventos selecçionados.

Ficheiros Broadcast WAV
As propriedades dos ficheiros Broadcast WAV deixam de ser globais para passarem a ser independentes de projecto para projecto.

Scrub via System Link
Como forma de poupança de processamento, o Nuendo permite usar mais que um computador sícronos via System Link para dividir tarefas. Podemos agora usar também a ferramenta de scrub quando usamos outro computador via system link para disparar o vídeo.

Melhoramentos no protocolo Sony 9-Pin
Uma variedade de melhoramentos foram introduzidos na comunicação via Sony 9-pin. Diferentes equipamentos de vídeo esperam diferentes formas de comandos da aplicação remota. Da mesma forma, direfentes equipamentos reagem a comandos de forma diferente. O Nuendo 3 está apto para todas as situações.

Compatibilidade OMF
Sendo o formato OMF o mais usado como forma de trocar projectos entre aplicações áudio, é sempre útil adicionar mais funções. Uma série de novas opções foram adicionadas Às funções de importação e exportação do Nuendo, das quais destacamos a possibilidade de incluis os nomes dos clips e ler automatismo do ProTools

Opção Sync Frame to Tumbnails
Muito importante, quando nos guiamos pelos fotogramas da pista de vídeo para a nossa edição de vídeo. Com esta função, o Nuendo permite o zoom até ao máximo de 1 frame por Tumbnail. Assim, terá a certeza de colocar o clipe de áudio a começar na frame exacta.

(Explicação de algumas das novas funções para Surround) – Função Benefícios

Função AFL/PFL
A fução AFL/PFL foi adicionada à função “solo in Place”. Premindo o botão “L” (Listen) em qualquer canal da mesa, fará o sinal disponível exclusivamente para audição no bus de monição, sem afectar os outros buses de saída. Este sinal pode ser monitorizado em AFL (after fader listening) ou PFL (pre-fader listening). A facilidade com que podemos solar um apista para o bus de monição sem afectar os outros é muito importante, bem como a possibilidade de o fazer ouvindo o sinal antes e depois do processamento. Assim é muito mais fácil e rápido identificar algum tipo de problema na mistura.

Dummy Plug-In
Substitui plug-ins não existentes quando se troca de projectos entre sistemas diferentes. Com esta possibilidade, é agora possível usar um projecto gravado de um Nuendo com plug-ins extras, noutro conputador sem plug-ins. Assim, não perderá a infromação quando voltar a colocar o projecto, no computador original.

Canal de Audição
Um canal de áudio separado foi adicionado aos Buses de saída. Este canal de audição, permite acima de tudo ter objectos separados para a mistura e para a monição. Por exemplo, podemos estar a misturar em Surround, e querer ter uma monitorização também em Stereo.

Processamento Externo
Uma nóva página no setup de hardware, permite agora usar processadores externos como se fossem plug-ins. O Nuendo inclui agora compensação de latência em todos os pontos da mesa. Isto significa, que pode agora usar hardware de processamento externo directamente nos sends da mesa de mistura do Nuendo. O sinal é enviado adiantado para o processador, para compensar o atraso até chegar de novo ao computador. Esta nova especificação do Nuendo, valo por si só o valor do software... Assim, poupa milhares de euros numa mesa de mistura em hardware.

Três pontos de visualização do volume
Os vuímetros podem representar o sinal em: Pós-ganho, Pós-fader, e Pós-panorâmica. O utilizador pode visualizar mais fácilmente as vasiações do sinal em qualquer ponto vital da mesa. Ferramenta indispensável para um equilibrio perfeito da mistura.

Plug-In MixConvert
O MixConvert é um novo plug-in capaz de transformar uma mistura em surround, para qualquer outro formato. Um bom exemplo é a dificuldade em passar um projecto em surround 5.1 para 6.1 ou mesmo para stereo. Normalmete, obrigaria a uma nova mistura na mesa, e muitas horas de trabalho. Com o Nuendo, a tarefa custa apenas uns cliques.. permitindo ainta através das opções disponíveis optimizar a nova mistura.

Lincar Panorâmicas
Usando pistas mono ou stereo num bus surround, podemos agora lincar as panorâmicas dos sends com as panorâmicas do próprio canal. Isto, permite por exemplo, que o efeito que é devolvido por um efeito acompanhe o som original em suas panorâmicas.

Child Bus
Num projecto multi-canal, pode ser interessante por exemplo enviar um canal directamente para o canal central mono, frente-stereo, ou Surround Stereo. Esta função permite a criação de child-busses específicos para o efeito.

Envio de Buses, para outros Buses
Esta função é de vital importância quando queremos ter várias escutas independentes por exemplo.. assim, podemos ter vários buses de saída, cada um para cada regie ou para cada músico por exemplo.

Janela de Visualização de Rooting
Especialmente quando trabalhamos em ambientes multi-canal, ter a possibilidade de visualizar o percurso do sinal é vital para uma boa percepção do que se está a passar na mistura. O Nuendo inclui uma janela onde mostra de uma só vez toda essa informação.

(Outros melhoramentos) – Função Benefícios

Melhoramentos da função Freeze
Os instrumentos virtuais agora têm mais opções de freezing, com ou sem os efeitos de insert. Os canais de áudio têm também um botão de freeze, permitindo o processamento dos plug-ins e libertando CPU para outras operações.

Painel de controlo MMC
Com o novo painel de controlo MMC, é possível controlar as funções de transporte de aparelhos externos, permitindo também armar e gravar remotamente, via Nuendo.

Funções de metrónomo avançadas
É possível agora, editar os clicks internos do metrónomo de áudio, para que não se confundam com algum som já existente no projecto.

Códigos de cores para as pistas
As pistas no projecto podem agora ser etiquetadas por côr. A mesma côr é aplicada nas pistas da mesa de mistura para melhor identificação.

Atalhos para páginas do inspector
Editar rapidamente um parâmetro da pista enquanto estamos a gravar ou produzir é essencial para aumentar a produtividade. Com os atalhos de teclas, pode agora abrir páginas específicas no inspector.

Audio Warp em tempo real
Um novo algoritmo de pitch shift e Timestretch permite agora edição em tempo real. Por exemplo.. se construir uma música usando loops de áudio, ao alterar o tempo do projecto, os loops alteram o seu tempo automaticamente. Podemos também mudar o timbre dos eventos em tempo real.

Play Order Track
Uma das funções mais aguardadas por todos. Uma nova forma de reprodução em blocos é agora adicionada do Nuendo. Por exemplo, ao construir uma música, podemos assignar um bloco “Introdução” outro “Refrão” outro”Solo” outro “pano” outro “Final”. Depois.. é só ordenar os blocos consoante as necessidades. Mudar a ordem, repetir blocos, etc. Em segundos, podemos mudar toda a extrutura da música, e construir diferentes versões da mesma.

Edição Inplace
Um clique no botão “Edit Inplace” abre directamente a pista um editor MIDI para melhor sincronismo com o conteúdo das outras pistas. Assim é também mais fácil e rápido pequenas edições MIDI.

MIDI Device Maps
Mapas MIDI podem novamente ser importados ou criados directament eno Nuendo. Com estes mapas, (alguns deles já vêm programados) podemos assim editar as funções de qualquer equipamento que permita a recepção de mensagens MIDI. Desde equipamentos de luzes a sintetizadores.

Studio Connections “Total Recall”
Esta função trabalha em conjunto com a opção da Yamaha “Studio Manager 2”. Esta, serve de ponte entre o Nuendo e equiapemto externo compatível com este protocolo. Usado por exemplo com a mesa de mistura Yamaha 02R96, ao abrir um projecto Nuendo, ele automáticamente vai ajustar o estado da mesa usado para esse projecto. Desde a posição dos faders, aos equalizadores, efeitos.. etc. Uma das mais perfeitas intergrações entre Hardware e Software.

Pistas de áudio dos instrumentos virtuais no inspector
Quando temos uma pista MIDI direccionada para um instrumento virtual, as saídas de áudio podem agora ser editadas directamente no inspector na respectiva pista MIDI.

Snapping relativo
Quando um evento não está certo com a snapp, ao copiá-lo a sua posição relativa será mantida. Esta função é muito importante, quando deslocamos um evento de propósito em relação à snap.. por exemplo quando inserimos sos com pouco ataque, que quando certos com a snapp, nos dão a sensação de entrarem atrasados.

Detecção de Hitpoints melhorada
Detectar o sítio onde colocar os Hitpoints é agora mais fácil e automático, permitindo ganhos consideráveis de tempo de edição.

E pronto! Achamos que já ficaram com uma ideia da coisa! :)

Fonte: DancePlanet.com

Propellerheads - Reason 3.0

Reason 3.0 – Mais seria: pedir demais!




Para quem ainda não conhece, o Reason é um clone virtual de um estúdio real.
Este software que emula a 100% o Hardware mais utilizado hoje em dia em produção, vai ao pormenor de se verem, por exemplo, as ligações dos cabos na traseira dos aparelhos, ou o destarrachar dos parafusos do rack (dica: experimentem no Sub tractor!) desafiando novas possibilidades de se produzir musica em qualquer lugar ou circunstancia (até num WC com um portátil!?) e com a grande vantagem de não acumular pó nas maquinas ou de se torcerem cabos...!

No Reason encontramos todo o tipo de equipamentos. Desde os mais usados em estúdios de produção musical profissionais, até caixas de ritmos, sintetizadores analógicos, samplers, processadores de efeitos, enfim um panóplia de aparelhos virtuais que combinados e devidamente afinados na mesa de mistura, possibilitam-nos produzir qualquer estilo musical, desde fado electrónico a rancho-digital...you name it!!

O novo upgrade 3.0 para o Reason vem revolucionar uma vez mais a nossa forma de trabalhar, usando um refinado e ainda mais completo, estúdio virtual no nosso MAC ou PC.

As novas capacidades para configuração dos equipamentos, a qualidade do áudio, os bancos de sons, o processamento de sinal, as aplicações para controle remoto, além de novas facilidades gerais na utilização do mesmo, fazem do Reason 3.0 o upgrade obrigatório para qualquer produtor de musica usando tecnologia seja para uso em estúdio ou para aplicações ao vivo.

Novidades, novidades...


Combinator – O Combinador!

A terceira versão do Reason foi substancialmente melhorada para performances ao vivo, permitindo através do Combinator, um dos novos módulos apresentados, guardar combinações/configurações de instrumentos , efeitos, sequênciador de patterns, etc.Carregar instrumentos já com os efeitos asignados ou por exemplo ter dois sintetizadores interligados fazendo multi-layers (varias camadas de som) passa a ser francamente fácil, nesta nova versão do Reason. O Combinator permite uma maior facilidade de utilização e construção de sons para além de módulos de síntese/sampling mais complexos, isto para quem tiver “unhas para ele” é claro!





Mclass – Um toque de Classe.

Após inúmeras sugestões de utilizadores profissionais avançados, a propellerheads finalmente decidiu-se por apresentar uma solução de mastering profissional para dar aquele acabamento hi end ás musicas produzidas via Reason. O MClass é composto por vários módulos e pode ser qualitativamente comparado ao que há de melhor no mundo físico. Como características principais apresenta-nos um equalizador paramétrico de 4 bandas com Shelving, um processador stereo, um fantástico compressor e um maximizer com limitador.

Designado como suite de Masterização pela PropellerHeads, o Mclass é simples de compreender e de usar (para quem tiver um mínimo de conhecimentos na área é claro), e os resultados apresentam qualidade de nível superior.

Resumindo o Mclass é a resposta para quem procura dar ao seu som um acabamento de luxo.


Equalizer - O Equalizador




Stereo Imager - Expansor de campo Stereo

Permite o ajuste das frequências baixas (podendo torna-las mais “mono”) e altas (possibilidade de “expansão”).




Compressor – O Compressor

Permite-nos adicionar mais “detalhe” ao som. Tem uma banda apenas, mas dispõe de side-chain para aplicação de técnicas de compressão mais avançadas como ducking ou o de-essing.




Maximizer – Puxa pra cima

O Maximizar oferece um excelente limitador sem comprometer a qualidade do som.
Permite-nos puxar pelas características do som sem nunca o estragar.




Micro Mix – Mesa de mistura

A micro-mesa de mistura, serve como expansão à mesa principal. Pode por exemplo ser usada como mesa de sub-mistura ou de grupos. Oferece-nos 6 canais stereo, mute, solo, panning e sends por canal.


Fonte: DancePlanet.com